• EN
Você está em: Início > Cursos > Mestrados > MRDE

Recursos Digitais em Educação

Sigla: MRDE
Grau: Mestrado
Início de Funcionamento: 2018/19
Coordenador: Ana Cristina de Castro Loureiro
:

Área científica: Ciências da Educação

Diário da República, 2.ª série - N.º 121 - 26 de junho de 2018

Este ciclo de estudos foi acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior em 26 de abril de 2018, por um período de 6 anos [http://www.a3es.pt/pt/resultados-acreditacao/recursos-digitais-em-educacao], e registado na Direção-Geral do Ensino Superior em 24/05/2018 com o nº R/A-Cr 41/2018, entra em vigor no ano letivo 2018/2019.

De acordo com o disposto no artigo 6,° da Portaria n.° 344/2008, de 30 de abril, foi feito um pedido de reconhecimento ao Ministério da Educação, ao abrigo do artigo 54.° do Estatuto da Carreira Docente, do ciclo de estudos conducente ao grau de mestre em Recursos Digitais em Educação criado pelo Despacho n.° 6237/201 8, para os Grupos de Recrutamento: 100, 110, 120, 200, 210, 220, 230, 240, 250, 260, 290, 300, 310, 320, 330, 340, 350, 360. 400, 410, 420, 430, 500, 510, 520, 530, 540, 550. 560, 600, 610, 620, 910, 920, 930, da Educação Pré-Escolar, do 1° Ciclo do Ensino Básico. do 2° Ciclo do Ensino Básico, do 3° Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário. A aguardar resposta.

  • O reforço de competências digitais dos professores é, hoje em dia, de maior importância como contributo para o perfil de saída do aluno à saída da escolaridade obrigatória. Assim, é importante que a Escola esteja capacitada para dar resposta a este desafio e o pessoal docente seja digitalmente competente, conforme define o Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores (DigCompEdu). O mestrado de Recursos Digitais em Educação da Escola Superior de Educação de Santarém visa capacitar no que concerne à utilização de diferentes tecnologias digitais, da programação e da robótica e da integração curricular das TIC; à criação de recursos educativos digitais e de ambientes educativos inovadores; educando para os média e para a cibersegurança, potenciando a inovação educacional e dando resposta às atuais necessidades de ensinar online e a distância.

  • O Mestrado em Recursos Digitais em Educação tem como finalidade construir e aprofundar, com os agentes educativos, competências na utilização, avaliação, conceção e desenvolvimento de recursos pedagógicos digitais numa perspetiva de inovação e investigação educacional.
    Pretende contribuir para a promoção da generalização das competências digitais e das competências pedagógicas com recurso às TIC de docentes e educadores, com vista a práticas de ensino mais inovadoras e inclusivas, à melhoria das aprendizagens e à promoção do sucesso escolar. Procura potenciar a utilização pedagógica dos equipamentos TIC e as metodologias de aprendizagem ativa nos contextos educativos, contribuindo assim para aprofundar o referencial de competências TIC através do recurso à inovação e inspiração nas melhores práticas.

    Estudantes que concluam o curso de especialização, 1.º ano do curso, num total de 60 ECTS, podem requerer o diploma de Pós-graduação / Estudos Avançados em Recursos Digitais em Educação.

    O plano de estudos está organizado para promover o aprofundamento de conhecimentos e o desenvolvimento de capacidades e competências pessoais e profissionais. Deste modo, no final deste ciclo de estudos, o estudante deverá ser capaz de, e em diferentes contextos educativos:
    O1 - Analisar e compreender a problemática e os desafios da integração das TIC;
    O2 - Selecionar, avaliar e usar, de forma sustentada e criativa, Recursos Educativos Digitais (RED);
    O3 - Conceber RED capazes de responder às necessidades da comunidade educativa;
    O4 - Planear e implementar estratégias, metodologias e práticas de ensino inovadoras e inclusivas com recurso às TIC;
    O5 - Elaborar e integrar projetos de desenvolvimento e práticas investigativas para a construção de comunidades inclusivas e digitalmente literadas;
    O6 - Refletir criticamente sobre as práticas de ensino e aprendizagem numa perspetiva de melhoria da ação profissional;
    O7 - Reconhecer a importância da formação contínua e ao longo da vida no domínio da tecnologia educativa

  • O Mestrado em Recursos Digitais em Educação funciona em regime pós-laboral e as unidades curriculares têm uma metodologia de trabalho em blended learning (sessões presenciais e sessões a distância).
    As horas de contato, sob a forma de sessões presenciais, decorrem em algumas sextas-feiras e sábados. As restantes horas de contato funcionam através de atividades assíncronas desenvolvidas na plataforma de gestão de aprendizagens da Escola Superior de Educação de Santarém e com recurso a sessões síncronas por videoconferência.

  • Lista definitiva dos candidatos admitidos em 1ª. fase

    Candidaturas 2.ª fase: 03 de agosto a 25 de setembro | Consultar o Edital

    Vagas para a 2ª Fase: 1


    Condições de acesso ao ciclo de estudos conducentes ao grau de Mestre em Recursos Digitais em Educação:
    a) Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal;
    b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
    c) Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos;
    d) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos.

    O reconhecimento a que se referem as alíneas b) a d) tem como efeito o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre, não conferindo equivalência ao grau de licenciado ou o reconhecimento desse grau.

    Condições específicas de ingresso no ciclo de estudos:
    a) Titulares de formação anterior na área de Educação;
    b) Titulares de habilitação profissional (licenciatura ou equivalente) que habilite para a docência nos diferentes níveis de ensino;
    c) Titulares com formação em outra área, mas com experiência profissional na área de Formação de professores / formadores e Ciências da Educação.

    Formalização da candidatura
    A candidatura deve ser instruída com os seguintes documentos:
    - Requerimento em boletim de candidatura próprio;
    - Certificado de conclusão do 1º ciclo de estudos (licenciatura);
    - Europass Curriculum Vitae;
    - Comprovativo de atribuição de equivalência(s)/reconhecimento de habilitações, em caso de habilitações estrangeiras (se aplicável).

    Os documentos de habilitações estrangeiras que não sejam emitidos por Instituições de Ensino Superior de países da União Europeia, devem ser reconhecidos pelo agente consular português local e/ou legalizados pelo sistema de Apostila nos termos da Convenção de Haia (Supressão da Exigência da Legalização de Atos Públicos Estrangeiros, em de 5 de outubro de 1961).
    Nota: a presente informação não dispensa a consulta do edital de abertura de candidaturas 2020/2021.

    Apoio a Pós-graduações e Mestrados
    Telefone: +351 243 309 180 (extensão 04200)
    Correio Electrónico: pgm@ese.ipsantarem.pt

Diplomas

  • Recursos Digitais em Educação

Áreas Científicas

  • Ciências da Educação

Planos de Estudo