• EN
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > MRDE002

Ensino a Distância e Redes Colaborativas

Código: MRDE002    Sigla: EDRC
Área Científica: Ciências da Educação

Ocorrência: 2020/21 - 1S

Área de Ensino: Tecnologias Educativas

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular Créditos Horas Contacto Horas Totais
MRDE 19 Despacho n.º 6237/2018 7 42 189

Horas Efetivamente Lecionadas

RDE1

Ensino Teórico-Prático: 41,00

Docência - Horas Semanais

Ensino Teórico-Prático: 2,80

Tipo Docente Turmas Horas
Ensino Teórico-Prático Totais 1 2,80
Ana Luísa M. Oliveira Chanca Torres   1,33
Maria Costa Potes Franco Barroso Santa-Clara Barbas   1,47

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Maria Costa Potes Franco Barroso Santa-Clara Barbas Responsável
Ana Luísa M. Oliveira Chanca Torres Coordenação Científica
Maria Teresa de Almeida Maia e Carmo Coordenação Científica
Ana Loureiro Coordenação Científica
Maria Costa Potes Franco Barroso Santa-Clara Barbas Coordenação Científica

Objetivos de Aprendizagem (conhecimento, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

A unidade curricular visa proporcionar discussão e reflexão aprofundadas sobre as mudanças que a modalidade de elearning e o trabalho colaborativo, dinamizado através de plataformas de ensino e de redes sociais, introduziram no ensino.

Pretende-se que, no final da unidade curricular, os estudantes:

- adquiram conhecimentos atualizados sobre tecnologias educativas e competências que lhes permitam implementar metodologias e modelos de ensino/aprendizagem online;

- utilizem estratégias e tecnologias educativas e sociais em ambientes de ensino/aprendizagem formais e informais, nomeadamente em ambientes virtuais e em sala de aula.

- sejam capazes de desenhar modelos de aprendizagem formais e informais e aplicá-los em ambientes de elearning.

Conteúdos programáticos

1. Elearning
1.1. Conceito e caracterização
1.1.1. Aspetos comunicativos do elearning
1.1.2. Aspetos pedagógicos do elearning
1.2. História do elearning
1.3. Vantagens e desvantagens do elearning
1.4. Formatos inovadores em e-learning
2. Aprendizagem colaborativa
2.1.1. Modelos colaborativos de aprendizagem
2.1.2. A colaboração em rede
3. Sistemas de gestão de aprendizagem (Learning Management Systems)
3.1. Conceito e caracterização
3.2. Criação de conteúdos
3.3. Gestão de conteúdos
3.4. Ambientes virtuais de aprendizagem inovadores
4. As novas redes sociais: impacto no ensino
4.1. O impacto das redes sociais na comunicação interpessoal
4.2. Facebook
4.3. Twitter
5. Recursos abertos
5.1. Repositórios abertos
5.2. YouTube
5.3. Flickr
6. Construção de um protótipo de aprendizagem colaborativa com recurso a ferramentas e tecnologias digitais

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

O programa desta unidade curricular é desenvolvido em 3 partes. Na primeira parte que inclui os pontos 1 e 2 do plano de estudos serão apresentados conceitos basilares sobre a modalidade de ensino em elearning e trabalho colaborativo, o que permitirá o aprofundamento de conhecimentos para uma reflexão crítica mais informada relativamente às mudanças que as novas tecnologias trouxeram quer na perspetiva do ensino quer na perspetiva da aprendizagem. A discussão sobre o modelo de aprendizagem colaborativo possibilitará a tomada de consciência sobre o desenvolvimento desta dimensão em ambiente virtual. 

Bibliografia Principal

DALZIEL, J. ;Learning Design. Conceptualizing a Framework for Teaching and Learning online, Routledge, 2016
GARRISON, D. R. ;E-learning in the 21st century: A framework for research and practice, Taylor & Francis, 2011
MARTINS, José et al. ;A Proposal for a Social e-Learning Model, RISTI [online], 2015. ISBN: 1646-9895
MOTA, J. ;Da web 2.0 ao e-learning 2.0: aprender na rede, 2009
SIEMENS, G., WELLER, M. ;El impacto de las redes sociales en la ensenãnza y el aprendizaje, Revista de Universidad y Sociedad del Conocimiento (RUSC), 2011. ISBN: 1698-580X
WU, Ting-Ting et al. ;Emerging Technologies for Education, Springer, 2016. ISBN: 10.1007/978-3-319-52836-6

Metodologia de Ensino (Avaliação incluída)

O processo de aprendizagem combinará aulas teóricas, mais expositivas com os professores e aulas práticas, nas quais os alunos irão desenvolver trabalhos (plataforma ou ambiente de elearning) nos quais serão exigidos a mostrar os conhecimentos adquiridos no programa. Espera-se que as partes mais teóricas sejam direcionadas ao debate e reflexão crítica entre os alunos e os professores sobre os temas em estudo.

Da mesma forma, nas aulas práticas, o desenvolvimento de um ambiente de aprendizagem colaborativo é esperado entre os alunos, supervisionado por professores.

Os alunos desenvolverão dois trabalhos parciais durante o semestre que terá um peso de 40% na nota final. No final do semestre, devem desenvolver através da plataforma mais adequada, um ambiente ou espaço de ensino a distância (elearning), que deve ter em conta a aprendizagem absorvida ao longo do semestre e onde terá um peso de avaliação final de 60%.


Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

Esta unidade curricular desenvolve-se em duas vertentes: uma de natureza mais teórica e outra de natureza mais prática.

Para que se possa promover uma discussão e uma reflexão sobre as mudanças que a modalidade de elearning e o trabalho colaborativo trouxeram para o ensino é necessário consolidar previamente conceitos, com uma caracterização robusta destas entidades, recorrendo a aulas de caráter expositivo, de modo a fornecer aos estudantes conhecimentos que lhe permitam posteriormente ficar habilitados para realizar uma análise crítica sobre a modalidade de ensino e sobre a utilização das redes sociais na construção do conhecimento.

A aplicação dos conhecimentos e das competências adquiridas ao longo da unidade curricular será verificada através do desenvolvimento e construção de um protótipo, para o qual contribuirão fortemente as aulas de natureza prática.

A articulação entre os tempos de exposição teórica e de trabalho prático permitirá ao estudante a integração e interiorização de conhecimentos e a sua correta operacionalização.

Nesta UC a carga média de trabalho autónomo (147h) é distribuída da seguinte forma: estudo de bibliografia sobre a temática "Ensino a Distância e Redes Colaborativas" (20h); realização de pesquisas complementares à matéria leccionada em aula (30h); participação online em fóruns de discussão (20h) realização de uma unidade curricular em moodle sobre uma temática inserida em "Ensino a Distância e Redes Colaborativas" (40h); estudo para realização de projeto final teórico-prático (37h);

Bibliografia de consulta (existência obrigatória)


Observações (Esta área destina-se ao período transitório e de exceção de resposta à pandemia da COVID19)

O(s) docente(s) procedeu(procederam) pontualmente a adaptações necessárias no que respeita a metodologia, incluindo a avaliação, integradas na FUC e explicitadas com os estudantes, considerando o seguinte contexto:

- Adoção do ensino a distância, "excetuando-se as avaliações que possam decorrer nesse período e que se manterão presenciais, bem como atividades letivas que os docentes considerem que não podem acontecer na modalidade a distância" em nota informativa do Sr. Subdiretor da ESE-IPSantarém de 21 de dezembro de 2020;

- Manutenção do ensino a distância, salvo para avaliações ou atividades que não fossem possíveis de realizar a distância, no âmbito das medidas de prevenção e mitigação da pandemia da Civid-19 e de proteção da comunidade educativa referidas a 7 de janeiro de 2021 pelo Sr. Presidente do IPSantarém e pela Sra. Diretora da ESE-IPSantarém, com manutenção destas condições em nota informativa de 15 de janeiro de 2021;

- Suspensão das atividades letivas e não letivas presenciais determinada pelo Governo a 21 de janeiro de 2021 referida pelas "Recomendação às instituições científicas e de ensino superior no contexto das medidas extraordinárias do estado de emergência" da DGES, em 21 de janeiro de 2021.